terça-feira, novembro 29, 2016

de de

Etapas da habilitação (adoção): Entrevista Psicossocial


 Depois de dada a entrada no processo de habilitação, conforme explicitado no post anterior,  (LEIA  AQUI) 
é necessário aguardar o contato da equipe da Vara da Infância e Juventude (VIJ) para dar prosseguimento à habilitação.
    No meu caso, o primeiro contato aconteceu menos de 2 meses depois do dia que demos entrada no processo. E a entrevista foi marcada para duas semanas depois do contato. Mas vocês já sabem que isso varia de caso para caso.
    A entrevista psicossocial é feita pela psicóloga e pela assistente social  da VIJ, e pode ser feita com cada profissional separadamente ou em conjunto (as duas profissionais ao mesmo tempo). As entrevistas serão realizadas com cada pretendente, individualmente e com o casal (se for o caso). Também serão realizadas quantas entrevistas a equipe julgar necessário. 
    O objetivo das entrevistas é avaliar se o(s) pretendente(s) está apto emocionalmente e se tem estrutura familiar para tornar-se pai/mãe por adoção (Já imaginaram se isso fosse necessário também para ter filho pelos métodos convencionais? rs).
    Agora vou relatar como foi nossa experiência (minha e do meu marido).
    As entrevistas aconteceram com horário marcado na VIJ e foi conjunta, psicóloga e assistente social juntas. Primeiramente fomos entrevistados juntos, depois só eu e depois só o meu marido. As entrevistas duraram mais de 2 horas, ao todo.
    Claro que dá um friozinho na barriga, mas se você estiver se preparando para esta fase, não se preocupe, é tudo bem tranquilo. Os assuntos trabalhados foram, pelo o que me lembro:
  • Como funciona o processo;
  • Nossas Infâncias;
  • Formação familiar (quantos irmãos, se temos os dois pais, etc…)
  • Se há casos de adoção nas nossas famílias;
  • Por quê decidimos adotar;
  • Nosso relacionamento (há quanto tempo estamos juntos, como nos conhecemos, etc);
  • Se nossas famílias sabem e o que eles acham da nossa decisão;
    Por último conversamos sobre qual o perfil que preferimos para nosso/nossa filho(a), mas a decisão final não foi feita nesse momento. E também agendamos a data da Visita Domiciliar para algumas semanas depois, assunto do nosso próximo post.

Vejo vocês lá? Abraços!

Atenciosamente,

Joyce Ribeiro




0 comentários:

Postar um comentário